caveiras contadoras

domingo, 11 de maio de 2014

A Manticora - O Ser devorador de Homens

Lenda: Leão com Escorpião, devorador de homens



Hoje falaremos de figuras que assustaram algumas culturas e o fato de vê-las se deu pela minha curiosidade em saber no mundo das artes se haveria algum desenhista que pudesse retratar o meu signo (leão) com meu ascendente (escorpião), achei interessante, pois fui parar em uma figura mitológica chamada Manticora, um ser meio leão, meio escorpião com rosto humano. Fascinante! Segue alguns trechos que fui captando sobre o assunto. Originário da Pérsia, tanto a lenda como o "animal", etimologicamente o seu nome deriva da expressão persa Mantikhoras (o "devorador de homens"). Os primeiros registos das "manifestações" deste ser remontam aos relatos provenientes das cortes dos reis da Pérsia, a partir do século X a. C. Há também referências, sobre esta mesma figura mitológica, entre os Gregos, como Aristóteles, e romanos, como Plínio, oVelho, o maior naturalista da Antiguidade. Na Idade Média, a manticora manteve-se no imaginário popular. No século XVI voltou a ter nova expressão, servindo de motivo em algumas representações pictóricas maneiristas. Ao longo dos séculos apareceram em vários bestiários e, mais recentemente, em obras de ficção, de Madeline L'Engle em fábula escrita por Gian Carlo Menotti intitulada The Unicorn, The Gorgon, e a Manticore . De acordo com as qualidades ameaçadoras atribuídas, o manticora geralmente recebe uma representação negativa, embora na fábula de Menotti, o seu papel é mais neutro em uma criatura tímida, reservada, que causa dano não intencionalmente. Resumo: Um monstro assassino de homens, a manticora agitando o medo nos corações daqueles que acreditavam que nas lendas ... e talvez até um pouco naqueles que afirmavam o contrário. Como muitas criaturas míticas, pode ter recebido alguma inspiração de animais do mundo real, mas foi reforçada com a mítica. Podemos imaginar os avisos emitidos centenas de anos atrás para incautos viajantes não irem vagar nas florestas, você pode ser comido por um manticore ... e nunca mais será visto!




Plínio, o Velho [1 século dC] (História Natural, Volume 8, 30): Plínio cita Ctesias como dizendo que a mantichora tem o rosto e as orelhas de um ser humano, os olhos cinzentos, uma linha tripla de dentes como os dentes de um pente, o corpo de um leão de uma cor vermelho-sangue, e uma voz como um órgão misturado com um trompete. Uma cauda como a de um escorpião. É muito rápido e tem um apetite especial por carne humana.

 Bartholomaeus Anglicus [século 13 dC] (De rerum proprietatibus, livro 18): Diz-se, que na Índia é como um leão no corpo e no cabelo, e um homem na face. E tem sua cabeça avermelhada, e uma grande boca e possui uma dentição em três fileiras de dentes distintos como um tubarão. Sua cauda é semelhante a um selvagem escorpião e tem uma voz horrível, como a voz de uma trombeta, ágil e comedores de seres humanos. E entre todos os animais da terra não é nada comparável em crueldade, como diz Avicena. E esta besta é chamada Baricos entre os gregos.



Então voltemos a astrologia e segue um relato no mínimo interessante aos filhos desta conjunção! Achei engraçado pois tanto Mussolini como Napoleão tinham, segundo o site o mesmo signo e ascendente! Mas também temos revolucionários que utilizaram da arte para moldarem uma fase marcante para a sociedade, estão J. K. Rowling (escritora de Harry Potter) e Tori Amos, pseudônimo de Myra Ellen Amos que vendeu 12 milhões de discos ao redor do mundo até 2005, e é muito admirada e seguida no mundo cult. Tendo um histórico de comentários excêntricos em shows e entrevistas, ganhou a fama de ser altamente idiossincrática. Como crítica social, e algumas vezes ativista, alguns dos tópicos que mais aborda incluem feminismo, religião e sexualidade.

 E o que diz mais no site é:

 Aqui temos uma pessoa complexa, porque em seu mapa de nascimento vemos dois signos que não tem absolutamente nada em comum, a não ser o senso de compromisso e a fixidez. Pra ilustrar este conflito, é como o dia e a noite vivido de maneira simultânea. Leão é a luz, o centro do palco, a exposição de si em busca do reconhecimento. Escorpião é a escuridão, é o mistério, é guardar segredos, é lidar com coisas feias, ruins, que a maioria das pessoas prefere manter em baixo do tapete. O conflito básico se manifesta numa tendência em “jogar a merda no ventilador” expondo tudo de horrendo que existe em si ou nos outros, precipitando crises, e no final das contas promovendo a catarse. Ou então leva a uma tendência a manter tudo àquilo de bom que ela possui escondido, com medo de olhares invejosos, fingindo sempre estar numa situação pior do que a que realmente está. Na verdade o que ocorre com maior freqüência é uma oscilação entre as duas tendências, com a pessoa expondo o que normalmente não se expõe, ou então escondendo aquilo que todos teriam orgulho de exibir. O magnetismo neste posicionamento tende a ser muito intenso, e existe uma tendência natural a assumir a liderança, a centralizar as coisas em si mesmo, já que o sol está no décimo signo em relação ao Ascendente. A ambição leva essa pessoa a ir muito mais longe do que o vulgar, sendo profundo em tudo o que faz, levando a cabo tudo que se propõe fazer. O grande defeito reside numa conduta exageradamente enérgica, exigente e autoritária. Fonte Mega Astrologia.

 Então vou partir para uma defesa de todos os meus irmãos de conjunção astrológica e que por sua intensidade vivem "espantando pessoas", principalmente os pobres seres medianos! Nós nascemos para o ocultismo, acredito que esta é uma conjunção bem feliz, principalmente para bruxos! Lidamos com todos os aspectos, sem moralismos da sociedade, e claro, viemos para trazer uma mensagem esfregada na cara dos seres mais limitados, sim! O Mundo não é um lugar somente onde os passarinhos verdes cantam, o nosso tom pode devorar a alma dos homens? Acredito que esta mais para corre que o bicho esta pegando! E se for algo como no caso da manticore, melhor correr mesmo!

 Não sei se sua lua, astrologicamente falando, irá lhe salvar de ser um Napoleão ou Mussolini, mas com certeza essa liberdade que se tem por fazer as coisas, essa força lhe enviem diretamente para a liderança, não que você tenha desejo por isso, mas como a grande maioria não se importa, é como se estivesse em uma fila e a maioria desse o famoso passinho para trás, lá vai você tocar o caminho, irá em frente, pois a sua coragem, determinação e idealismo serão a impulsão.

 Será colérico? Muitas vezes, afinal somos críticos, somos exigentes, perfeccionistas e sem paciência, as vezes nenhuma. Mas uma coisa também se aprende nesse caminhar com a ajuda do nosso querido Saturno, pai do tempo, com as experiências de vida você ficará mais ponderado e aquela besta sanguinária (manticora) voltará para a floresta negra e fechada e ali ficará, e você contente retornará para os que sobraram e ali te esperam de volta com todo o respeito, observando o belo céu estrelado, em uma linda fogueira; lá estarão excelentes amigos, companheiros e guerreiros, enquanto no caminho deixará um rastro de braços e pernas de gente desleal, medíocre e limitada.

 E que assim seja!

 Ricardo DRaco fonte: www.ricardo-draco.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ULTIMAS POSTAGENS

Postagens populares

Seguidores

Total de visualizações de página

MELHORES DO YOU TUBE

Loading...

Arquivos do blog

A TERRA E A LUA AGORA

Minha lista de blogs