caveiras contadoras

sábado, 23 de novembro de 2013

O arquivo secreto da Igreja Católica



Os documentos mais intrigantes da história pertencem, logicamente, à Igreja Católica. A instituição mundialmente conhecida por seus mistério e enigmas jamais publicados, colocou em exposição no Vaticano, no ano de 2011, uma série de 100 arquivos secretos da Igreja. A intrigante exposição trouxe ao conhecimento do público documentos muito antigos, de até mil anos. Conheça os os 6 destaque desse histórico evento:


CARTA DA RAINHA MARY DA ESCÓCIA

O documento do século XVI é uma correspondência da rainha Mary, da Escócia, para o Papa Sisto V implorando por sua vida e pedindo redimição pelos seus pecados. A rainha reclamou por anos o trono da Inglaterra, sendo verdadeira ameaça à Elizabeth I, sua prima que era a regente oficial. Elizabeth, temerosa dos planos de Mary, a condenou em cárcere privado, mantendo-a reclusa por anos. Outra questão era religiosa, Mary era católica fervorosa, enquanto Elizabeth era forte defensora do protestantismo inglês. A disputa entre as duas primas pelo trono estava cercada de uma questão religiosa ainda maior: católicos X protestantes. No entanto, Mary não conseguiu vencer essa briga e acabou sendo condenada à morte. A carta foi escrita três meses antes de sua execução por um suposto envolvimento em conspirações para assassinar a Rainha Elizabeth I. No texto, Mary alega que o tribunal que a condenou à morte era ilegítimo e herético.


DOCUMENTOS DO JULGAMENTO DOS CAVALEIROS TEMPLÁRIOS

A "Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão" foi fundada por um cavaleiro francês na época das Cruzadas, por volta do século XI, com o propósito original de proteger os cristãos que voltaram a fazer a peregrinação a Jerusalém após a sua conquista. Também conhecidos como Cavaleiros Templários, eles foram perseguidos pelo Rei Filipe IV da França, que desconfiava de suas riquezas e poderes, acusado-os de heresia no século XIV. O documento contendo os detalhes do julgamento de alguns dos integrantes da ordem foi revelado ao público na exposição.A "Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão" foi fundada por um cavaleiro francês na época das Cruzadas, por volta do século XI, com o propósito original de proteger os cristãos que voltaram a fazer a peregrinação a Jerusalém após a sua conquista. Também conhecidos como Cavaleiros Templários, eles foram perseguidos pelo Rei Filipe IV da França, que desconfiava de suas riquezas e poderes, acusado-os de heresia no século XIV. O documento contendo os detalhes do julgamento de alguns dos integrantes da ordem foi revelado ao público na exposição.


CARTA DE TRIBO INDÍGENA CANADENSE

Curiosamente, a carta escrita por um dos integrantes da tribo Ojibwe, nativos da região de Ontário, Canadá, agradece a vinda dos missionários católicos e cultua o Papa Leão XIII como um homem santo que ocupa o lugar de Jesus. A correspondência é datada de 1887 e foi escrita no dialeto indígena, mas teve tradução para o francês feita por um missionário católico. A carta corrobora com a política missionária da Igreja e parece não revelar os problemas etnocêntricos e violência causada pela conversão e aculturação forçada dos índios. Intrigante, não?

 O PEDIDO DE ANULAÇÃO DE HENRIQUE VIII

Um dos reis mais casamenteiros da história sempre dava um jeito de separar-se da atual esposa, para conseguir casar com outra. Sua primeira esposa, Catarina de Aragão não conseguiu dar-lhe filhos homens, apenas uma menina, apesar de ter engravidado 7 vezes. Valendo-se do argumento de que seu casamento com Catarina era ilegítimo e pecador, uma vez que a rainha havia casado com Artur, Príncipe de Gales, irmão de Henrique, ele tentou junto ao Papa anular seu matrimônio. Catarina alegava veemente que seu casamento nunca fora consumado, mas Henrique já estava ludibriado por outra mulher, Ana Bolena, e temia pela sucessão do trono inglês. O Papa, por sua vez, não aceitou a carta de anulação, que foi escrita em um documento extremamente elaborado contendo 80 selos vermelhos. A decisão papal rendeu uma das brigas religiosas mais marcantes da história, trasformando a Inglaterra em um Estado oficialmente anglicano, prejudicando os interesses católicos.

 DOCUMENTOS DO JULGAMENTO DE GALILEU

Galileu Galilei foi condenado por heresia pela Igreja Católica devido a sua teoria que a Terra não estava no centro do universo, mas sim o sol. Os registros de seu julgamento fazem parte dessa coletânea de documentos históricos. O mais interessante é que o pergaminho possui a assinatura de Galileu que, para fugir da fogueira, concordou em negar sua teoria. No entanto, ainda assim foi mantido em prisão domiciliar e seus livros foram impedidos de serem publicados. Somente em 1992 a Igreja retaliou-se com o falecido astrônomo. Santa ignorância cristã.

 CARTA DE UMA IMPERATRIZ CHINESA

As relações entre oriente e ocidente foi estreitada pelas missões jesuítas que procuravam converter os asiáticos. Dentre os documentos da exposição, encontra-se uma correspondência de uma imperatriz chinesa jurando sua temência ao Deus católico e prometendo lealdade à Igreja. A carta, do século XVII, enrolada em um tubo de bambu com a imagem de um dragão, foi enviada ao Papa Inocêncio X pela Imperatriz Wang, que adotou o nome cristão de Helena. Seu filho também foi rebatizado de Constantino. Quanta devoção!

fonte: averdadenuaecrua.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ULTIMAS POSTAGENS

Postagens populares

Seguidores

Total de visualizações de página

MELHORES DO YOU TUBE

Loading...

Arquivos do blog

A TERRA E A LUA AGORA

Minha lista de blogs