caveiras contadoras

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Caboclo d'água



Acredita-se que o Caboclo d'água ou "Uauiara" como é conhecido pelos índios Tupinambás, é um ser mítico, talvez um espirito ou uma criatura das águas que é conhecido como o "pai dos peixes" ou "terror dos barqueiros".



É o responsável por afundar navegações, atormentar pescadores, assombrar, matar entre outras abominações... Sua descrição varia pelas pessoas que o vêem, dizem ser um homem pequeno, meio atrofiado e musculoso, tem a cor de cobre, e aparenta ser um humano, já em outras descrições, outras pessoas afirmam ter visto um ser com cabelos compridos com mãos e pés de pato.




Uma Lenda sobre o Caboclo D'Água pelo livro "Lendas e Mitos do Brasil"



"No tempo em que os índios Tupinambás viviam nos sertões da Bahia, um chefe dessa tribo, vizinho de todos os brancos e conhecedor de sua linguagem, seduzido pelos encantos da cidade, resolveu abandonar seu povo e morar entre os civilizados.Em vão, seus pais já velhos tentaram impedir sua partida, mas não funcionou. Guarapuru, assim era seu nome, quebrou suas armas e tomou o caminho da cidade, chegando a margem de um rio, levando apenas uma rede, cansado de andar, armou-a em galhos de árvores e dormiu profundamente.Ao acordar, pela madrugada, ouviu um canto esquisito, de voz humana. Aproximou-se devagar da beira do rio e qual não foi o seu espanto quando viu, pé, sobre um rochedo, no meio das águas, um ser humanóide de longos cabelos negros.Do outro lado do rio, Guarapuru avistou uma imensa caverna e dentro dela, uma montanha de ouro, que brilhava como o sol. - Ah! - pensou o índio - ali é a casa do Caboclo D'água, feita com aquela pedra amarela que os brancos tanto apreciam! Vou guardar bem o caminho e serei um chefe entre os brancos, quando lhes apresentar pedaços daquela pedra maravilhosa.Com tal idéia na mente, Guarapuru entrou na cidade. Não tardou muito, e o índio ajudou aos brancos vencendo várias guerras durante os tempos, sendo nomeado mais tarde como Manuel Teles. Resolveu então comandar uma expedição em busca do ouro do Caboclo D'água. Uma velha índia aconselhou-o a desistir, pois seria punido com a morte. Mas o oficial índio não atendeu.Ao cair da noite, a expedição chegou à margem do rio. Mas na manhã seguinte, desapareceu o comandante, procuraram-no debalde, por toda a região. Os soldados resolveram então mergulhar no fundo do rio e la encontraram o corpo de seu chefe. Guarapuru ou Manuel Teles fora vítima do Caboclo D'água. Para se defender do Caboclo D'água é preciso carregar um signo de São Salomão, cravá-lo ou desenhá-lo no madeira do barco. A estrela de 6 pontas.


fonte: misteriosfantasticos.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ULTIMAS POSTAGENS

Postagens populares

Seguidores

Total de visualizações de página

MELHORES DO YOU TUBE

Loading...

Arquivos do blog

A TERRA E A LUA AGORA

Minha lista de blogs