caveiras contadoras

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Com infecção rara, americano produz álcool no próprio intestino




Um americano de 61 anos, acostumado a fazer cerveja em casa, parou em um pronto-socorro do Texas reclamando de tontura. Ao fazer um teste, as enfermeiras notaram que ele estava bêbado (com cinco vezes mais do que o limite legal para dirigir no Estado). O problema é que o homem afirmava não ter bebido uma gota de álcool naquele dia. As informações são do site da rádio NPR. "Ele ficava bêbado em qualquer momento. Na manhã de domingo após uma missa, ou realmente em qualquer hora", diz Barabara Cordell, chefe de enfermagem do hospital. Ela explica que a mulher do paciente chegou a comprar um bafômetro para saber quando o marido estava sob efeito de álcool. Para descobrir qual era o problema do americano, os médicos o encerraram em uma sala por 24 horas, sem acesso a bebidas. Durante esse período, ele recebeu comidas ricas em carboidratos e seu sangue foi checado periodicamente. Em certo momento, o álcool apareceu nos exames. O gastroenterologista Justin McCarthy, que determinou o exame, afirma que o problema era uma abundância de levedura no intestino do paciente. Em outras palavras, o americano era uma "cervejaria ambulante". Infectado pela levedura Saccharomyces cerevisiae, sempre que o paciente comia amido - como pão ou massa -, o micro-organismo transformava o açúcar em álcool dentro de seu intestino. A doença é chamada de "síndrome da autocervejaria". O caso, considerado raro, foi descrito em julho na publicação especializada International Journal of Clinical Medicine. Segundo o médico, essa espécie de levedura está presente em muitos produtos - de pão a vinho -, mas, às vezes, ela pode se concentrar no intestino e causar problemas ao organismo. Os médicos ainda não têm certeza de por que isso acontece. Em outros casos relatados, os pacientes sofreram infecção quando tomavam antibióticos, o que pode ter enfraquecido alguma bactéria intestinal e permitido que a levedura se instalasse ali. Em outros, a pessoa tinha alguma doença que afetou seu sistema imunológico. O paciente americano foi tratado com antifúngicos e uma dieta com pouco carboidrato, açúcar e nenhum álcool e se livrou da cervejaria intestinal.

 Fonte: Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ULTIMAS POSTAGENS

Postagens populares

Seguidores

Total de visualizações de página

MELHORES DO YOU TUBE

Loading...

Arquivos do blog

A TERRA E A LUA AGORA

Minha lista de blogs