caveiras contadoras

sábado, 28 de dezembro de 2013

ALMA GÊMEA, UMA HISTORIA VERDADEIRA

para entender a historia, leia a poesia abaixo e verá que não existe limites para o amor...



O Homem e a Mulher
 O homem é a mais elevada das criaturas, A mulher o mais sublime dos ideais;
 Deus fez para o homem um trono, para a mulher um altar.
 O trono exalta, o altar santifica;
 O Homem é o cérebro, a mulher o coração;
 O cérebro produz luz, o coração produz o amor.
 A Luz fecunda ,o amor ressuscita;
 O Homem é o gênio a mulher o anjo.
 O gênio é imensurável, o anjo indefinível;
 A aspiração do homem é a suprema gloria, a aspiração da mulher a virtude extrema
 A gloria traduz grandeza, a virtude traduz divindade;
 O homem tem a supremacia, a mulher a preferência.
 A supremacia representa a força, a preferência o direito;
 O homem é forte pela razão, a mulher é invencível pelas lagrimas.
 A razão convence, a lagrima comove;
 O homem é capaz de todo o heroísmo, a mulher de todos os martírios.
 O heroísmo enobrece, o martírio sublima;
 O homem é o código, a mulher o evangelho. O código corrige o evangelho aperfeiçoa;
 O homem é o templo, a mulher o sacrário.
 Ante o templo nos descobrimos, ante o sacrário nos ajoelhamos;
 O homem pensa, a mulher sonha. Pensar é ter luz do cérebro, sonhar é ter na fronte uma aureola;
 O homem é o oceano, a mulher o lago.
 O oceano tem a perola que embeleza, o lago a poesia que deslumbra;
 O homem é a águia que voa, a mulher o rouxinol que canta.
 Voar é dominar o espaço, cantar é conquistar a alma;
 O homem tem um fanal, a consciência, a mulher tem a estrela, a esperança.
 O fanal guia, a esperança salva.
 Enfim, o homem esta colocado onde termina a terra, a mulher onde começa o céu.

alma gêmea


oswaldo era um jovem de 18 anos e costumava ficar conversando com amigos na praça perto da escola onde estudou, todo começo de noite se reuniam para conversar sobre musica, cinema e coisas da atualidade, alguns amigos ainda estudavam , este é o motivo da praça ser o ponto de encontro , pois ficava proximo ao colegio e todos eram alunos e ex alunos desta   escola, e assim se passavam os dias, entre risos e boa conversa até que... um fim de tarde, seu olhar congelou, um arrepio subiu na espinha e o coração acelerou, mal acreditava no que via, ela tinha a pele branca e suave, perfume inconfundivel, labios lindos, unhas grandes e uma voz de amor e doçura, era algo arrebatador,  quem será esta misteriosa garota??
porque estas reações?? será algo passageiro??, neste momentos a cabeça de Oswaldo se mescla de duvidas e certezas, ele nunca se sentiu tão vulnerável, ela  estende a mão para cumprimenta-lo e diz:
- Prazer, meu nome é Nair!!
ele responde com as mãos tremulas
- prazer oswaldo
 e na hora que ela ia se despedir com um sorriso no rosto ele fala:
- posso te acompanhar até o colegio??
e ela disse sim sorrindo e os dois foram caminhando até o colegio de mãos dadas com a promessa de pode acompanha-la até o ponto de onibus , voltando aos seus amigos ele parecia estar caminhando nas nuvens, pois acabara de ver um anjo e os amigos começaram a zoar a cara de bobo dele , e ele não esquentava, estava apaixonado, era amor a primeira vista, canções como only you,  love -me tender e smoke in your eyes começaram a bater  fundo e fazer sentido, seus dias não eram mais vazios, embora já tenha uma filha , oswaldo não parecia ser o mesmo, sempre com sorriso no rosto e brilho nos olhos, ele levou  a sua princesa para seus pais conhecerem que logo se encantaram com a beleza e educação da moça, estava tudo perfeito, eles saíam de mãos dadas e prometiam amor eterno um ao outro, como nair que  em suas cartas de amor,

tinha um passaro como simbolo e chamava seu amado pelo doce apelido de "garanhão dourado", o amor puro e lindo dos dois contagiavam  as pessoas ao redor, nair era encantadora, tudo parecia perfeito e a cada  dia que passava um sentia mais necessidade de estar ao lado do outro, carinhos calorosos eram feitos na casa de oswaldo quando seus pais não estavam, um dia resolveram ir para um motel, entre beijos calorosos e carinhos, quase fizeram amor, "quase" porque ela revelou a ele que era virgem e que este  era um ponto de honra para ela , já que ela disse que seu pai não acreditava na virgindade dela , e ele a respeitou e seu amor foi aumentando a cada dia ate  que...

certo dia, nair vai se encontrar aos prantos com oswaldo dizendo que seu pai que era sub-oficial  de marinha e estava no rio a missão, se aposentou e resolvel voltar a sua terra natal no nordeste e em consequencia, todos os filhos iriam acompanhar...
é, este parece o fim de uma linda historia de amor... ou não???
e as juras de amor eterno feito um para o outro???
como seria dali pra frente???
quais seriam  as surpresas que a vida ainda reservariam a oswaldo e nair??

e assim foi, sua amada foi para o nordeste e ele foi para um bar aos prantos com as cartas de sua amada na mão, entre goles de cerveja e lagrimas e lembranças de felicidades de outrora, oswaldo decidiu que não desistiria facil, pois ela era sua alma gemea...

os dias se passaram  e veio a primeira carta de sua amada e ele respondeu, era começo dos anos 90, não tinham  a tecnologia de hoje...

ele notou que em algumas cartas ela pedia  pra que ele respondesse, mas ele respondeu a todas, até que um dia ela parou de escrever e ele ainda insistia, procurou um catalogo e pelo endereço, descobriu o numero do telefone, feliz da vida ele liga e tenta falar com Nair, mas a mãe dela atende e pede pra que ele esqueça dela, pois não daria certo e a distancia só faria nair sofrer mais, aos prantos, ele  pede desculpas e desliga o telefone e assim o tempo passa...
oswaldo passava pela antiga casa da amada tentando encontrar algum sinal, algo inexplicavel que só ele sentia, e quando o onibus passava na rua da sua amada, seu coração acelerava como no primeiro  dia em que se conheceram e uma lagrima rolava em seus olhos...
por mais namoradas que oswaldo tenha, jamais sua nair saiu da cabeça, alguns anos depois  ele volta a ligar, consegue trocar algumas palavras com sua amada que já tinha absorvido o sotaque do nordeste e mais uma vez a mãe dela diz pra não ligar, pois nair era mãe de uma linda menina e agora tinha responsabilidades, ele mais uma vez aos prantos desligou o telefone...
o tempo passou, oswaldo casou e teve mais 2 filhas lindas, mas nunca esqueceu seu verdadeiro amor, pois a promessa de ambos era de amor eterno...
22 anos se passaram e  novas tecnologias , busca de endereço com resultados estantâneo, fotografias tirada por satélites, google earth, google street view , isso animou oswaldo a sonhar em pelo menos ver a casa da sua amada, sua rua, era uma maneira de sentir sua amada mais próximo e isso manteve o sonho vivo, redes sociais foram criadas e aprimoradas até que um dia ele acha a página da sua amada, o medo do tempo que passou começa a cerca-lo, como será a reação do seu primeiro , unico e grande amor??
será que ela vai aceita-lo??
ele adicionou sua amada e ela aceitou, lembraças nítidas de 25 anos atras passam em suas mentes como se fossem a um dia atras, lembram de cada palavra, cada gesto e cada roupa que usavam e cada palavra dita, o tempo passou, mas o amor de ambos continua mais forte do que nunca, ele chora e lamenta, ela se diz perdida, mas ambos felizes por se reencontrarem, e agora??

o que o futuro reserva??


Agora parece que Oswaldo e Naira voltaram para seus dias felizes, conversas e telefonemas diários ja fazem parte do dia a dia de ambos, a voz macia e doce de Naira inundava a alma de Oswaldo de amor, paz e esperança e os dias decorreram como se fosse sonho até que no dia 18/02/2014 ele faz sua mala, poe seu terno Giorgio Armani, seu melhor perfume  e pega um avião até Maceió- AL, onde sua amada o esperava,
as 4 horas de vôo e uma escala e uma conexão parecia uma eternidade para Oswaldo, seu coração batia acelerado, ao desembarcar em Maceió ele liga pra sua amada Naira onde ela já esta a sua espera, nervoso, suando ele chama um taxi, entra e dá o endereço do hotel que fica em Jatiuca, a distancia do aeroporto até o hotel torturava Oswaldo, sua atenção esta na velocidade do taxi, nem presta atenção em conhecer a cidade, fazia 25 anos que não se viam e seu coração estava a mil, sua mente vinham 1000 pensamentos e suava de nervoso, ate que finalmente ele chegou e viu uma cena que ficaria na sua memoria como a primeira vez que seus olhares cruzaram, uma mistura de alegria, felicidade tomou conta de oswaldo, a primeira coisa que  fez foi correr para os braços de sua amada e beijar sua boca que não se encontravam  a 25 anos, foram para o quarto onde finalmente se entregaram um ao outro, fizeram amor como se o mundo fosse acabar no dia seguinte, suor e palavras de amor sussuradas nos ouvidos de ambos no ato de amor fizeram que ambos tocassem as estrelas, as vezes não falavam, seus olhares já diziam tudo, cada segundo foi precioso, mágico e eterno, conversaram e reafirmaram que o amor de ambos nem o tempo conseguiu apagar, foi uma semana de amor e a promessa de que um jamais ficaria longe do outro novamente, e que nada e ninguem jamais iriam os separar...

até que chega o dia do retorno de Oswaldo, sua face foi lavada por suas lágrimas, seu coração apertado e o medo de ficar distante novamente do grande amor de sua vida, ela o beija calorosamente e acalma seu coração, ela tem o dom de acalmar Oswaldo que  sempre  foi emotivo, ele chega ao rio novamente, volta a sua rotina , mas sua amada não sai de sua cabeça, continuaram  a se falar regularmente, até que ela faz uma surpresa na semana do aniversario de Oswaldo, ela chegou 5 dias antes do aniversario de Oswaldo, eles ficaram juntos, foram a todos os lugares juntos e Oswaldo a levou  casa de sua mãe que sempre a amou muito, fizeram amor, comemoraram o aniversario de Oswaldo com sua filha mais velha, dormiram abraçados, um completa o outro, e o amor de ambos é claro a todos e muito contagiantes, Oswaldo confessa a sua filha que tatuou o nome da amada no braço porque sempre a amou, ela deu desculpa de buscar a avó pra rever e ficar com Oswaldo, realmente um completa o outro e um nasceu pro outro, olhos que brilham, boca que fica seca, coração que acelera e perna que fica bamba, isso que ela causa em Oswaldo, um amor que nem o tempo, nem as pessoas conseguiram apagar...


CONTINUA...


HOJE DIA 03/11/2014

OLHE COMO ME SINTO...






CONTINUA...

2 comentários:

  1. Eu chorei, isso mostra que o verdadeiro amor , nem o tempo apaga...

    ResponderExcluir
  2. Linda historia me emocionei, Quero acompanhar esse final feliz rsrs bjs!

    ResponderExcluir

ULTIMAS POSTAGENS

Postagens populares

Seguidores

Total de visualizações de página

MELHORES DO YOU TUBE

Loading...

Arquivos do blog

A TERRA E A LUA AGORA

Minha lista de blogs