caveiras contadoras

sábado, 19 de janeiro de 2013

As Pirâmides e as Interligações Cósmicas




A humanidade ainda desconhece a maioria dos segredos que as pirâmides encerram… Apesar dos inúmeros estudos realizados no decorrer dos séculos, ainda nos deparamos com características surpreendentes, que desafiam a mente de estudiosos, pesquisadores e curiosos! O mistério que cerca as pirâmides começa pela sua idade: quando teriam sido realmente construídas? Oficialmente, as grandes pirâmides foram construídas entre 2.650 e 2.500 a.c mas, segundo resultados de testes com o carbono – 14, a idade verdadeira da Pirâmide de Queóps, por exemplo, é de 71.000 a.c!!! Igualmente fantásticos são os resultados obtidos na exame das pedras utilizadas na sua construção: os 2.600.000 blocos com 31.200.000 toneladas parecem ter sido cortados por alguma lâmina de serra , e apresentam furos perfeitos! Os engenheiros que examinaram esses furos concluíram que foram feitos por instrumentos de grande precisão – que não existiam à época da sua construção!Além dessas informações, outras nos impressionam e nos levam a questionar o objetivo real da construção das pirâmides. A ciência dos números, pesos, medidas, astronomia e astrologia estão simbolizados naqueles monumentos:




a.. a circunferência da pirâmide, dividida pelo dobro de sua altura, é igual ao número de Ludof, o PI – 3,1416; a.. a altura da pirâmide de Queóps multiplicada por um bilhão corresponde à distância Terra/Sol = 149.450.000 km; a.. um meridiano que passe pelo centro da pirâmide divide continentes e oceanos em metades exatamente iguais… Mas a maior descoberta sobre as pirâmides vem da hipótese de que elas funcionem como um Farol de Alexandria – para astronautas galácticos!De onde teria vindo essa idéia? Essa hipótese baseia-se no fato de que a pirâmide tem função geradora de radiação energética: foi detectada a penetração dessa radiação a 20 km de profundidade de sua base e, segundo cientistas, é possível que a radiação superior de seu ápice se prolongue até os confins da Via Láctea! Como os povos antigos, supostos construtores das pirâmides, poderiam conhecer tais informações? Isso só se faz compreensível se admitirmos a passagem de Seres Extraterrestres, com tecnologia muito mais avançada do que a nossa, sobre o planeta Terra…




Para consolidar essa informação, reflita sobre a última grande descoberta a respeito das pirâmides: a.. as 3 Grandes Pirâmides do Complexo de Gizeh têm seus ápices alinhados, de forma perfeitamente sincrônica, com as 3 Estrelas do Cinturão de Órion – as 3 Marias! a.. na pirâmide de Queóps, os dutos de ventilação que desembocam na Câmara do Rei, permitem que, a partir do sarcófago de granito vazio em seu interior, se visualize numa determinada época do ano, o Cinturão de Órion por um duto, e a estrela Alpha de Sírius por outro!




Não seria “coincidência” que, para os egípcios, Sírius anunciava a cheia do Rio Nilo – pressagiando um período de abundância e fertilidade? E o fato de que as 3 pirâmides estão proporcionalmente dispostas em relação ao Nilo, da mesma forma que as 3 Marias (Órion) estão em relação à Via Láctea, vistas da Terra? Sendo assim, podemos concluir que as pirâmides estão longe de serem meros túmulos para os faraós do Egito! E o que dizer das pirâmides do México, América do Sul, América Central e Índia – todas com características semelhantes? Uma coisa é certa: as pirâmides continuam colossais, impávidas e silenciosas, esperando que possamos, finalmente, apreender o que elas querem nos dizer, através dos séculos… Seremos capazes de ouvir?




‘É preciso preparar-se para mais elevados conhecimentos; só assim pode a nova consciência aproximar-se da humanidade.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ULTIMAS POSTAGENS

Postagens populares

Seguidores

Total de visualizações de página

MELHORES DO YOU TUBE

Loading...

Arquivos do blog

A TERRA E A LUA AGORA

Minha lista de blogs